ATALHOS
Introdução
Aúdio
E-mails e fone
Links
Pesquisas
Postagens
Enquete
Videos
Quem sou eu
Onde eu reuno
Seu recado aqui
O que cremos
Que igreja é essa?
Jesus Cristo
Louvar a homens?
Evangelhos Pirata

Você sabe para onde está indo?

Você sabe para onde está indo?
Você sabe o que fazer?

Quem pode responder minhas perguntas?

Por que nasci? De onde venho? Para onde vou? Que faço aqui? Por que o mal, o sofrimento e a morte existem?
Que respostas vou dar a estas e a muitas outras perguntas? Não consigo esquecê-las e apenas viver como um animal vive. Procuro, mas não encontro. A filosofia e a religião tentam me ajudar, porém cada uma de suas respostas me faz tropeçar em uma nova pergunta. Nasci por acaso, vivo por necessidade, logo e inevitavelmente desaparecerei. Poderia não ter nascido. Poderia não estar vivendo. Mas não posso deixar de morrer. Estou aqui e não entendo nada. É desesperador!
A não ser que... animo-me a ler um livro que reivindica, há muitos séculos, demonstrar a existência de um Criador, e me convenço de que Ele tem algo a me falar. Isso é interessante. Segundo ouvi dizer, esse livro dá respostas satisfatórias a todos os que se atrevem a abri-lo. Então, por que não ler o tal livro?
Decidi começar a ler a Bíblia. E ainda a leio. Cada dia descubro nela alguma coisa a mais sobre o meu Criador e Deus. Um Deus Grande, Justo, Santo e transbordante de amor, que me conhece e me revela o que realmente é a vida. Sim, a verdadeira vida consiste em conhecê-Lo, o “único Deus verdadeiro e a Jesus Cristo”, a quem Ele enviou “para que todo aquele que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 17 : 3 e 3 : 16)


Fonte: Boa Semente, Devocional 2007



"Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna. E nós temos crido e conhecido que tu és o Cristo, o Filho do Deus vivente." (João 6 : 68,69) --> Posicione o mouse nos textos para parar ou desacelerar




--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

25 de dez de 2009

Os 10 mandamentos - Mandamentos para com o homem




"A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei. Com efeito: Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não darás falso testemunho, não cobiçarás; e se há algum outro mandamento, tudo nesta palavra se resume: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor." (Romanos 13 : 8,10)

INTRODUÇÃO: O Propósito da Lei
A lei nunca foi dada para salvar a alma. Qual é então o seu propósito?
A. A lei nos dá uma revelação maravilhosa da santidade, poder e grandeza de Deus.
B. A lei é usada para revelar ao homem seu estado de pecador e a necessidade de Cristo (Romanos 3:19-20); (Romanos 7:9)
. Aqueles que se medem pelo padrão perfeito de Deus, podem ver o quanto caíram. Tais pessoas compreendem a necessidade de receber a justiça perfeita, que lhes é imputada pela fé em Cristo. Certos pregadores do passado se referem à lei como a agulha que abre o caminho para a linha do evangelho. Como um arado, ela quebra a justiça própria do coração do homem, para que a semente do evangelho possa ser plantada.
C. A lei determina a regra da conduta Cristã. Os santos não estão debaixo da lei como um meio de obter justificação diante de Deus (Romanos 10:4) ainda que ela revele para eles o que Deus requer de suas vidas (Efésios 6:1,3); (I João 5:21) etc.).
D. A lei julgará o homem no último dia. Mesmo aqueles que nunca viram a Bíblia, muitas vezes revelam nos julgamentos que fazem de outros a extensão pela qual a lei de Deus é revelada em seus corações (Romanos 2:14,15).
 Jesus Cristo e a Lei
A. O Senhor Jesus como nosso representante nasceu sob a lei e perfeitamente cumpriu cada um de seus preceitos (Gálatas 4:4); (Mateus 3:17); (Mateus 5:17).
B. Quando Jesus Cristo morreu na cruz, Ele estava sofrendo pelos pecados do Seu povo. Ele pagou a dívida daqueles que quebraram a lei de Deus (Romanos 6:23).
C. Aqueles que crêem em Cristo têm Sua justiça imputada sobre eles (Romanos 3:20,22); (II Coríntios 5:21); (Filipenses 3:9). Sendo assim, eles estão livres da condenação da lei e permanecem justificados aos olhos de Deus.

Fonte: Palavra Prudente



5° - Mandamento: "Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o SENHOR teu Deus te dá." (Êxodo 20 : 12), honrar pai e mãe significa você nunca desapontá-los em nenhum ponto, fazer tudo o que eles pedirem, e com prazer, o desejo em fazer, estar pronto a obedecer... etc. você já alguma vez recebeu uma ordem dos pais e reclamou em seu coração, xingou, fez cara feia, realmente não quis fazer o que lhe foi mandado? Honrar é você sempre estar pronto a receber ordens e com desejo de realizá-los é nunca desapontá-los, é respeitar em tudo os pais. Este mandamento é o primeiro para com o próximo que começa em casa para com os pais, na nossa infância. Fazendo uma recapitulação de nossa vida. Será que em algum momento não violamos este mandamento?


6º - Mandamento: “Não matarás.” (Êxodo 20 : 13) você já matou? Não? Vamos ver então se você já matou alguém! Jesus aprofundou este mandamento para mostrar o quão maldito nós somos; “Ouvistes que foi dito aos antigos: Não matarás; mas qualquer que matar será réu de juízo. Eu, porém, vos digo que qualquer que, sem motivo, se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo; e qualquer que disser a seu irmão: Raca, será réu do sinédrio; e qualquer que lhe disser: Louco, será réu do fogo do inferno”. (Mateus 5 : 21,22);
“Qualquer que odeia a seu irmão é homicida. E vós sabeis que nenhum homicida tem a vida eterna permanecendo nele.” (1º João 3 : 15).
Fazendo uma recapitulação de nossa vida. Será que em algum momento não violamos este mandamento?


7° - Mandamento: “Não adulterarás.” (Êxodo 20 : 14) Você já adulterou? Não? Vamos ver então se você já adulterou! Jesus aprofundou este mandamento para mostrar o quão maldito nós somos; "Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério. Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela." (Mateus 5 : 27,28). Fazendo uma recapitulação de nossa vida. Será que em algum momento não violamos este mandamento?


8° - Mandamento: “Não furtarás.” (Êxodo 20-15) você já furtou? Não? Já aconteceu de você chegar uns minutos atrasados no trabalho? De sair antes do horário? Ficar uns minutos no banheiro para dar uma relaxada para o tempo passar? Isto é roubar tempo, Já colou na prova? Você está furtando uma resposta que não é tua, Já pegou o chinelo de alguém sem pedir ou outra coisa? Então isto é furto, pegar ou tomar algo que não lhe pertence, você olhar para uma pessoa e cobiçar é um furto, pois você está roubando uma imagem que não lhe pertence, a imagem que lhe pertence é somente de teu corpo e de teu cônjuge. Fazendo uma recapitulação de nossa vida. Será que em algum momento não violamos este mandamento?


9° - Mandamento: “Não dirás falso testemunho contra o teu próximo. “(Êxodo 20 : 16) se trata de mentir, não falar exatamente como foi, distorcer, não deixando bem claro o relato, enganar, dizer que a aranha que viu era de um tamanho, mas o tamanho dela é outro, fazendo isto você está mentindo, dizer que o fulano é teu grande amigo, mas na verdade nem é tanto assim, e falar que qualquer dia aparece na casa de fulano, mas nem vai. “Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; Não, não; porque o que passa disto é de procedência maligna. “(Mateus 5 : 37). Fazendo uma recapitulação de nossa vida. Será que em algum momento não violamos este mandamento?


10° - Mandamento: “Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.” (Êxodo 20 : 17) se trata de você não cobiçar nada que é do próximo, você por acaso já foi na casa de um amigo e olhou para a sua casa e disse: um dia terei uma casa dessa, ou, como eu queria ter uma casa dessa ou até em seu pensamento? Passou na frente de uma loja de roupa e viu uma calça bonita e desejou tê-la? Pois é, isto é cobiçar, o desejo de ter algo que não lhe pertence. Fazendo uma recapitulação de nossa vida. Será que em algum momento não violamos este mandamento?


O Senhor Jesus resumiu, compactou os 10 mandamentos em 2, ou seja, os 4 mandamentos que são para com Deus, ele resume em 1; "E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento." (Mateus 22 : 37,38) você ama Deus? Você dedica-se mais a você ou a Ele? E os 6 mandamentos que são para com o próximo Ele resumiu em 1; “E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.” (Mateus 22 : 39) você ama mais você ou o próximo? Você prefere que tua casa pegue fogo do que a do próximo? Você prefere perder o emprego do que o próximo? Você prefere que teu carro seja roubado ou do seu próximo? Você por acaso já sentiu satisfação com a infelicidade de um inimigo? Você ama mais o seu animal de estimação ou o seu próximo?
Vimos que não conseguimos de maneira alguma nos justificar diante de Deus pelos mandamentos e se conseguirmos guardar 9 e tropeçarmos em 1, de nada adiantou guardar; "Mas, se fazeis acepção de pessoas, cometeis pecado, e sois redarguidos pela lei como transgressores. Porquê qualquer que guardar toda a lei, e tropeçar em um só ponto, tornou-se culpado de todos. Porque aquele que disse: Não cometerás adultério, também disse: Não matarás. Se tu pois não cometeres adultério, mas matares, estás feito transgressor da lei." (Tiago 2 : 9,11), ou seja, se nós não mentimos, não blasfemamos o nome do Senhor, não matamos, mas cometemos o adultério no coração (cobiçar uma mulher, ou homem) de nada adiantou guardar os restantes, tornamos culpados de todos, um exemplo disso: Passamos muito tempo construindo um castelo de cartas de baralho com muito cuidado para não errar para que não desabe, mas chegou uma ocasião em que erramos em um ponto e o castelo caiu, de nada adiantou o cuidado por todo aquele tempo que tivemos anteriormente, erramos em um ponto e desaba tudo. Se tentarmos nos justificar mediante os mandamentos (não é possível), Deus exige 100% de nós, não 99,9% e isto durante toda a nossa vida, então vimos que é impossível o homem conseguir se justificar pelas obras, e maldito é aquele que não guardar toda a lei, caso tente; “Todos aqueles, pois, que são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las.” (Gálatas 3-10), é óbvio que ninguém é justificado pela lei; “E é evidente que pela lei ninguém será justificado diante de Deus, porque o justo viverá da fé.” (Gálatas 3-11);
“Por isso nenhuma carne será justificada diante dele pelas obras da lei, porque pela lei vem o conhecimento do pecado.” (Romanos 3-20).
Ele já nos chama de malditos por que o homem já é desde de que nasceu e por isto de forma alguma vai conseguir guardar toda a lei. Agora você sabe o porquê que Deus impôs os mandamentos aos homens? Não foi para condenar o homem e sim para mostrar para nós, que todos estão debaixo do pecado e que tem pecados que nós não sabíamos que pecamos e também para sabermos o quão horríveis somos e tão excessivo é o pecado em nós; "Que diremos pois? É a lei pecado? De modo nenhum. Mas eu não conheci o pecado senão pela lei; porque eu não conheceria a concupiscência, se a lei não dissesse: Não cobiçarás. Mas o pecado, tomando ocasião pelo mandamento, operou em mim toda a concupiscência; porquanto sem a lei estava morto o pecado. E eu, nalgum tempo, vivia sem lei, mas, vindo o mandamento, reviveu o pecado, e eu morri. E o mandamento que era para vida, achei eu que me era para morte. Porque o pecado, tomando ocasião pelo mandamento, me enganou, e por ele me matou. E assim a lei é santa, e o mandamento santo, justo e bom. Logo tornou sê-me o bom em morte? De modo nenhum; mas o pecado, para que se mostrasse pecado, operou em mim a morte pelo bem; a fim de que pelo mandamento o pecado se fizesse excessivamente maligno." (Romanos 7-7,13), a Lei é como se fosse um aparelho de raio X que nos mostra aquilo que não vemos e também para nos mostrar que de maneira nenhuma conseguiremos nos salvar por esforços próprios; “Ora, nós sabemos que tudo o que a lei diz, aos que estão debaixo da lei o diz, para que toda a boca esteja fechada e todo o mundo seja condenável diante de Deus. Por isso nenhuma carne será justificada diante dele pelas obras da lei, porque pela lei vem o conhecimento do pecado.” (Romanos 3 : 19,20). A salvação não se obtém por merecimento, por mérito após um esforço.



Vemos porém, os seis mandamentos que Deus deu a nós, mandamentos que se devem cumprir-se para com o próximo. Caso você se interessar por mais exposições sobre este caso ou estiver dúvida, deixe uma solicitação

Postagem anterior

Próxima postagem

Vide Introdução

0 comentários:

Postar um comentário