ATALHOS
Introdução
Aúdio
E-mails e fone
Links
Pesquisas
Postagens
Enquete
Videos
Quem sou eu
Onde eu reuno
Seu recado aqui
O que cremos
Que igreja é essa?
Jesus Cristo
Louvar a homens?
Evangelhos Pirata

Você sabe para onde está indo?

Você sabe para onde está indo?
Você sabe o que fazer?

Quem pode responder minhas perguntas?

Por que nasci? De onde venho? Para onde vou? Que faço aqui? Por que o mal, o sofrimento e a morte existem?
Que respostas vou dar a estas e a muitas outras perguntas? Não consigo esquecê-las e apenas viver como um animal vive. Procuro, mas não encontro. A filosofia e a religião tentam me ajudar, porém cada uma de suas respostas me faz tropeçar em uma nova pergunta. Nasci por acaso, vivo por necessidade, logo e inevitavelmente desaparecerei. Poderia não ter nascido. Poderia não estar vivendo. Mas não posso deixar de morrer. Estou aqui e não entendo nada. É desesperador!
A não ser que... animo-me a ler um livro que reivindica, há muitos séculos, demonstrar a existência de um Criador, e me convenço de que Ele tem algo a me falar. Isso é interessante. Segundo ouvi dizer, esse livro dá respostas satisfatórias a todos os que se atrevem a abri-lo. Então, por que não ler o tal livro?
Decidi começar a ler a Bíblia. E ainda a leio. Cada dia descubro nela alguma coisa a mais sobre o meu Criador e Deus. Um Deus Grande, Justo, Santo e transbordante de amor, que me conhece e me revela o que realmente é a vida. Sim, a verdadeira vida consiste em conhecê-Lo, o “único Deus verdadeiro e a Jesus Cristo”, a quem Ele enviou “para que todo aquele que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 17 : 3 e 3 : 16)


Fonte: Boa Semente, Devocional 2007



"Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna. E nós temos crido e conhecido que tu és o Cristo, o Filho do Deus vivente." (João 6 : 68,69) --> Posicione o mouse nos textos para parar ou desacelerar




--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

23 de dez de 2009

Para Deus tudo é possível



"E Jesus, olhando para eles, disse-lhes: Aos homens é isso impossível, mas a Deus tudo é possível." (Mateus 19:26)

Como vimos, é impossível o homem se justificar diante Deus por obras “Os seus discípulos, ouvindo isto, admiraram-se muito, dizendo: Quem poderá pois salvar-se? E Jesus, olhando para eles, disse-lhes: Aos homens é isso impossível, mas a Deus tudo é possível.” (Mateus 19 : 25,26). Obras são preços que os homens oferecem a Deus em troca da salvação, mas Deus os recusa, pois são preços os quais Deus não pediu para pagar pelo pecado. O preço que Ele estabeleceu e inalterável, o qual é a MORTE; "Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor." (Romanos 6 : 23). O homem fazendo o que for para tentar fazer com que Deus perdoe os seus pecados, de nada adianta "Por isso, ainda que te laves com salitre, e amontoes sabão, a tua iniquidade está gravada diante de mim, diz o Senhor DEUS." (Jeremias 2 : 22). Então não é por se reunir numa igreja, por dar o dizimo, ajudar o próximo, pecar menos, ser "bom", caridoso, e etc., que o homem vai fazer com que Deus apague os seus pecados. É notório que esta dívida do pecado, querendo ou não querendo, todo o homem terá de dar conta deles diante de Deus; "E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo," (Hebreus 9 : 27), “Esconder-se-ia alguém em esconderijos, de modo que eu não o veja? diz o SENHOR. Porventura não encho eu os céus e a terra? diz o SENHOR.” (Jeremias 23-24), “De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus.” (Romanos 14 : 12). Mas Deus como tudo pode e como é riquíssimo em misericórdia e com Seu imensurável amor para com todos os homens, nos deu um único caminho pelo qual o homem pode ser salvo perfeitamente desta dívida e condenação. Que é pelo o arrependimento dos pecados e fé em Jesus Cristo, todo o homem fazendo isto, Deus perdoará todos os pecados que o homem cometeu; “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. “(1ºJoão 1-9), “A este dão testemunho todos os profetas, de que todos os que nele creem receberão o perdão dos pecados pelo seu nome”. (Atos 10 : 43).
Todo aquele que, com um coração arrependido, com uma consciência de que nada pode fazer, e consciente que Deus tudo pode fazer, e depositando em Jesus Cristo a fé, confiança. Recebe essa salvação; “E que desde a tua meninice sabes as sagradas Escrituras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus.’ (2ºTimóteo 3 : 15), todos aquele que, estando consciente que seus pecados por obras não podem ser apagados, mas que pelo arrependimento e fé no Salvador serão purificados, é salvo; “Vinde então, e argui-me, diz o SENHOR: ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a branca lã. “(Isaias 1 : 18), “E por isso também Jesus, para santificar o povo pelo seu próprio sangue, padeceu fora da porta.” (Hebreus 13 : 12), "E da parte de Jesus Cristo, que é fiel testemunha; o primogénito dos mortos e o príncipe dos reis da terra. Aquele que nos ama, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados, (Apocalipse 1 : 5).

Vejamos alguns versículos que diz que o homem não é justificado por obras, mas por Jesus Cristo;
1-"Por isso nenhuma carne será justificada diante dele pelas obras da lei, porque pela lei vem o conhecimento do pecado. Mas agora se manifestou sem lei a justiça de Deus, tendo o testemunho da lei e dos profetas; Isto é, a justiça de Deus pela fé em Jesus Cristo para todos e sobre todos os que creem; porque não há diferença. Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus, Ao qual Deus propôs para propiciação pela fé no seu sangue, para demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos, sob a paciência de Deus; Para demonstração da sua justiça neste tempo presente, para que ele seja justo e justificador daquele que tem fé em Jesus." (Romanos 3-20,26);
2- "Mas àquele que não pratica, mas crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é imputada como justiça, Porque é pela fé, para que seja segundo a graça, a fim de que a promessa seja firme a toda a posteridade, não somente à que é da fé de Abraão, o qual é pai de todos nós, O qual por nossos pecados foi entregue, e ressuscitou para nossa justificação." (Romanos 4-5 e 16 e 25);
3- "SENDO pois justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso SENHOR Jesus Cristo; Pelo qual também temos entrada pela fé a esta graça, na qual estamos firmes, e nos gloriamos na esperança da glória de Deus... Mas não é assim o dom gratuito como a ofensa. Porque, se pela ofensa de um morreram muitos, muito mais a graça de Deus, e o dom pela graça, que é dum só homem, Jesus Cristo, abundou sobre muitos.
E não foi assim o dom como a ofensa, por um só que pecou. Porque o juízo veio de uma só ofensa, na verdade, para condenação, mas o dom gratuito veio de muitas ofensas para justificação. Porque, se pela ofensa de um só, a morte reinou por esse, muito mais os que recebem a abundância da graça, e do dom da justiça, reinarão em vida por um só - Jesus Cristo. Pois assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação de vida. Porque, como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um muitos serão feitos justos. Veio, porém, a lei para que a ofensa abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça; Para que, assim como o pecado reinou na morte, também a graça reinasse pela justiça para a vida eterna, por Jesus Cristo nosso SENHOR." (Romanos 5-1,2 e 15,21);
4- “Sabendo que o homem não é justificado pelas obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo, temos também crido em Jesus Cristo, para sermos justificados pela fé de Cristo, e não pelas obras da lei; porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada.” (Gálatas 2-16);

5- “Todos aqueles pois que são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque escrito está: Maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las... E é evidente que pela lei ninguém será justificado diante de Deus, porque o justo viverá da fé.... De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados.” (Gálatas 3-10,11 e 24);


Postagem anterior

Vide Introdução

0 comentários:

Postar um comentário